https://www.storyboardthat.com/pt/lesson-plans/kira-kira-por-cynthia-kadohata

Two Japanese American girls stand in a wheat field at night. They are Katie and Lynn from Kira-Kira by Cynthia Kadohata


Kira-Kira é um romance de ficção histórica premiado escrito por Cynthia Kadohata sobre uma família nipo-americana que vivia na Geórgia nos anos 1950. A história é contada através dos olhos da jovem Katie, cheia de admiração e travessura, que adora sua irmã mais velha, Lynn. Seus pais trabalham em uma fábrica de processamento de aves e o leitor tem um vislumbre das condições injustas de trabalho da época, bem como do racismo que Katie e sua família enfrentavam como uma das poucas famílias nipo-americanas na cidade.

Atividades do aluno para Kira-Kira



Resumo Kira-Kira

Kira-Kira é a história de uma jovem chamada Katie Takeshima e sua família crescendo na Geórgia na década de 1950. Katie tem um vínculo muito especial com sua irmã mais velha, Lynn, que lhe ensina tudo, incluindo o significado de kira-kira : a palavra japonesa para cintilante ou cintilante. Lynn ama o mundo natural e pode encontrar magia nas coisas mais comuns. Ela e Katie conversam por horas sobre tudo o que farão em seu futuro. Lynn se destaca na escola e tenta transmitir seu gosto pelo aprendizado para Katie, que prefere brincadeiras e travessuras à escola tradicional.

No início da história, Katie e sua família mudam-se de uma pequena comunidade nipo-americana em Iowa para uma cidade no sul da Geórgia, onde são uma das únicas famílias nipo-americanas. O tio filho deles tem um emprego lá e conseguiu empregos para o pai e a mãe de Katie trabalhando em uma fábrica de processamento de aves. A família mora em um apartamento pequeno e degradado em um prédio com outras pessoas que trabalham na fábrica. A planta tem condições de trabalho muito adversas, com horas extremamente longas e árduas e sem interrupções. Os trabalhadores desejam se sindicalizar, mas são intimidados por bandidos contratados. Enquanto isso, as meninas sofrem o racismo na escola. Lynn explica à pequena Katie que o motivo dos olhares e provocações de seus colegas brancos é porque eles são de herança japonesa.

Katie e Lynn são melhores amigas e fazem tudo juntas. Quando seu irmão Sam nasce, Lynn ajuda a cuidar de Katie e Katie ajuda a cuidar de Sam. Enquanto seus pais são amorosos e cuidadosos, eles trabalham longas horas e as meninas são deixadas para cuidar de grande parte da casa. Lynn costuma passar mal, mas, apesar disso, é a melhor da classe e tem grandes sonhos para o futuro. Um dia, Lynn, Katie e Sam andam de bicicleta para fazer um piquenique especial nos campos próximos à plantação do proprietário da avicultura, o Sr. Lyndon. Enquanto estava lá, o pequeno Sam foi pego em uma armadilha para ursos que estava inexplicavelmente na propriedade e ele ficou gravemente ferido! Felizmente, as meninas são ajudadas por uma vizinha gentil, mas a lesão de Sam o faz mancar.

Os surtos de doença de Lynn pioram cada vez mais e finalmente é revelado que ela tem linfoma. Os pais trabalham sem parar na avicultura e fazem um grande empréstimo para comprar uma casa. A esperança deles é que eles possam viver na casa dos sonhos de Lynn e talvez isso ajude a torná-la melhor. Katie se preocupa constantemente com Lynn e faz tudo o que pode para ajudar a família. Seus pais trabalham ainda mais horas para ajudar a pagar a casa. Apesar de fazer tudo o que pode, Lynn sucumbe tragicamente à sua doença.

O Sr. Takeshima está tão dominado pela dor com o falecimento de Lynn. Ele e sua esposa mal têm tempo de folga para o luto por causa das condições desumanas de trabalho na fábrica. Ele também está furioso porque seu filho foi ferido por uma armadilha para ursos na propriedade do Sr. Lyndon. Em sua dor, o Sr. Takeshima quebra o pára-brisa do carro do Sr. Lyndon e vai embora. Ele teria escapado impune, mas para mostrar a Katie que sempre deve fazer o que é certo, ele admite seu erro pessoalmente ao Sr. Lyndon. Apesar de suas explicações, o Sr. Lyndon não mostra simpatia pela situação deles e imediatamente demite o Sr. Takeshima.

No final, o Sr. Takeshima consegue outro emprego em uma fábrica diferente e a família fica grata por ele não estar mais trabalhando para o Sr. Lyndon. Os organizadores do sindicato avícola continuam sua luta por melhores condições de trabalho, o que incluiria a dispensa dos funcionários para luto após uma morte na família. A Sra. Takeshima sempre teve medo de se envolver e comprometer seu trabalho. No entanto, ela vota a favor do sindicato, percebendo que embora seja tarde demais para eles se beneficiarem, isso poderia ajudar outra família.

Após o falecimento de Lynn, a família sofre por muitos meses. Um dia, o pai de Katie propõe que façam uma viagem para ajudar com suas tristezas. Katie sugere ir para o mar, onde Lynn sempre sonhou em ir. Lá eles encontram paz olhando para o mundo e toda sua beleza natural através dos olhos de Lynn, que sempre viu a magia em tudo.


Perguntas essenciais para Kira-Kira por Cynthia Kadohata

  1. Quem são os personagens principais de Kira-Kira e quais são os desafios que eles enfrentam?
  2. Quais são alguns dos símbolos e motivos presentes no romance? Como o simbolismo o ajuda a entender melhor os personagens e suas motivações?
  3. Quais são alguns dos temas presentes no romance e que lições o autor tenta transmitir ao leitor?

Encontre esses planos de aula e outros semelhantes em nossa Categoria de Ensino Médio!
*(Isso iniciará uma prova gratuita de 2 semanas - Não é necessário cartão de crédito)
https://www.storyboardthat.com/pt/lesson-plans/kira-kira-por-cynthia-kadohata
© 2021 - Clever Prototypes, LLC - Todos os direitos reservados.