vidas secas
Updated: 5/7/2020
vidas secas

Storyboard Text

  • essa é uma história da retirada de uma família, fugindo da seca. Fazem parte dela Fabiano, sua esposa Vitória, dois filhos, caracterizados pelo autor apenas como " menino mais novo" e "o menino mais velho", e a cachorra Baleia. Nesse capítulo temos a descrição da terra árida e do sofrimento da família. As personagens não se comunicam; apenas duas vezes o pai, irritado com o menino mais velho, xinga-o. Essa falta de diálogos permanece por todo o livro, como também a intenção de não dar nome às crianças, para caracterizar a vida mesquinha e sem sentido em que vivem os retirantes, que não têm consciência de sua situação, embora, ainda nesse primeiro capítulo, Fabiano e Vitória sonhem com uma vida melhor.
  • sou fabiano e esta é a minha familia. somos retirantes
  • neste capitulo mostra o fabiano um homem bruto, mas ainda capaz de analisar a si próprio. Tem a consciência de que mal sabe falar, embora admire os que sabem se expressar. E chega à conclusão de que não passa de um bicho.
  • eu sou um animal
  • eu sou um homem
  • Nesse capitulo, pela primeira vez, aparece a figura do soldado amarelo, que mais tarde voltará simbolizando a autoridade do governo. Igualmente, pela primeira vez, insinua-se a idéia de que não é apenas a seca que faz de Fabiano e sua família pessoas animalizadas. Ele é preso sem qualquer motivo e toma a analisar sua situação de homem-bicho. Só que, desta vez, não tem mais coragem de sonhar com um futuro melhor. Ao fim do capítulo, temos Fabiano ciente de sua condição de homem vencido e, pior ainda, sem ilusões com relação à vida de seus filhos.
  • eu fui preso injustamente e nunca mais sai daqui
  • Neste capitulo o autor relata o sonho de sinha vitoria. Se as aspirações do marido resumem-se em saber usar as palavras adequadas a uma situação, a de Vitória é uma cama de couro. Além de ser a personagem que melhor articula palavras e expressões,ela é caracterizada como esperta e descobre que o patrão rouba nas contas do marido.
  • tudo que eu sempre sonhei foiter uma cama igual a do senhor tomas
  • neste capituloo autor relata o ideal na vida do menino mais novo: o de se identificar ao pai. No início do capítulo: "Naquele momento Fabiano lhe causava grande admiração." Adiante: "Evidentemente ele não era Fabiano. Mas se fosse? Precisava mostrar que podia ser Fabiano." Emtam finalmente decidiu se o que iria fazer para provar: "Ao regressar, apear-se-ia num pulo e andaria no pátio assim, torto, de perneiras, gibão, guarda-peito e chapéu de couro com barbicocho. O menino mais velho e Baleia ficariam admirados."
  • eu sou igual ao pai
  • impressio-nante
  • neste capitulo o autor relata que o menino mais velho tinha um vocabulário quase tão minguado como a do papagaio que morreu no tempo da seca. depois, de exclamações e de gestos, e Baleia respondia com o rabo, com a língua, com movimentos fáceis de entender Todos o abandonavam, a cadelinha era o único vivente que mostrava simpatia. O nível das aspirações dos componentes da família decresce cada vez mais. O ideal do menino mais velho é o de ter um amigo. A amizade de Baleia já lhe servia: O menino continuava a abraçá-la. E Baleia encolhia-se para não magoá-lo, sofria a carícia excessiva.
  • o que é inferno ?
Over 15 Million Storyboards Created
Storyboard That Family