Questions About Remote Learning? Click Here

Trabalho Comunicação e Escrita Criativa
Updated: 9/4/2020
Trabalho Comunicação e Escrita Criativa
This storyboard was created with StoryboardThat.com

Storyboard Text

  • Marido e mulher, casados durante 13 anos, têm um filho em comum
  • Em dezembro de 2017, quando a criança completou sete anos de idade, o pai acaba deixando o lar onde a família vivia, em razão do fim do relacionamento e da impossibilidade de voltarem a ter a vida em comum...
  • A mulher não aceita o fim do casamento e recusa a conversar com o cônjuge sobre as questões relativas ao divórcio do casal
  • O pai tenta, mas a criança pouco aceita a companhia dele, visto que a mãe, após a separação, passou a desqualificar a conduta do cônjuge como pai e a dificultar o contato com o filho. Assim, orientando o menino a não mais buscar, pois ele abandonou a família.
  • Desde sua saída da residência em que a família morava, o pai tenta visitar o filho todos os dias, mas só consegue ao sábado ou domingo de cada semana...
  • Em abril de 2018, a mulher mudou-se para a cidade onde seus pais residem, localizada à 800 km de sua última residência, o que dificulta a convivência com o filho do genitor.
  • Cidade de Feliz 800 kmCidade da Alegria 150 km
  • O pai, desesperado com a mudança de seu filho para outra cidade, procura um advogado para buscar uma solução para o drama familiar vivido...
  • Olá, Dr. Eduardo!
  • Além disso, conforme art. 5º desta mesma lei, a criança terá que passar por uma perícia psicológica ou biopsicossocial para ser constatada a alienação parental.
  • Olá,Roberto! Conforme o teu caso, o art. 2º, inciso VII, da Lei nº 12.318/10, os atos da sua mulher configuram alienação parental.
  • Como a mãe só se mudou para prejudicar a convivência familiar do menino com você, o juiz pode impor para que ela leve ele, até você, nas ocasiões de período de convívio familiar, ou seja, vai precisar viajar 800 km para você ver ele!
Over 14 Million Storyboards Created
Storyboard That Family