Os três porquinhos 2
Updated: 2/16/2021
Os três porquinhos 2

Storyboard Text

  • Quando o lobo lá chegou, gritou novamente:
  • - Cheira-me a porquinho! E eu estou com tanta fome que vos vou comer aos dois…
  • E com dois sopros, conseguiu deitar a casa de madeira abaixo.Os dois porquinhos mais novos correram então, apavorados, para a casa do irmão mais velho, que era de tijolo.
  • O lobo, vendo que os três porquinhos estavam todos numa só casa, exclamou, louco de alegria:
  • - Cheira-me a porquinho! E mais fome não vou ter, pois apanhei três porquinhos para comer!
  • Então o lobo encheu o peito de ar e soprou com toda a força que tinha, mas a casinha de tijolos não se mexeu nem um bocadinho. Aliviados, os três porquinhos saltaram de contentes.
  • Mas, o lobo não desistiu e disse:
  • - Não consegui deitar a casa de tijolos abaixo nem derrubar a sua porta, mas tenho outra ideia… esperemque já vão ver! E começou a subir o telhado, em direção à chaminé.
  • Os porquinhos mais novos ficaram aflitos, mas o mais velho, que era muito esperto, colocou no fogão, por baixo da chaminé, um grande caldeirão de água a ferver.